TCE/AL reúne representantes do turismo alagoano para apresentação da proposta de realização dos eventos do final de ano

04/11/2020 ás 13:30:05

Visualizações: 179

Faltando cerca de dois meses para o natal e o ano novo, as programações para as festas de fim de ano seguem visando fomentar a atividade turística regional de maneira segura, seguindo protocolos de combate à COVID-19. Nos últimos 5 anos, a capital alagoana teve um crescimento intenso.

 

Cumprindo o seu papel de fiscalizar e solicitar aos gestores o equilíbrio dos gastos com relações a eventos, o Tribunal de Contas de Alagoas recebeu, na manhã desta quarta-feira (4), representantes do turismo alagoano para apresentação da proposta de realização dos eventos do final de ano.

 

Participaram da reunião o Procurador-Geral e o Procurador adjunto do Município, Diogo Coutinho e Rodrigo de Victor; o titular da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), Jair Galvão; o Secretário Adjunto da Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), Dorgival Ferreira; a Secretária de Governança, Iria Almeida; a Diretora Executiva da Associação de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel), Vega Vergetti; o Diretor da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL), André Santos; o conselheiro do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado de Alagoas (Conedes), Milton Vasconcelos; a presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural, Vânia Amorim; o Promotor de Justiça do Ministério Público de Alagoas, Humberto Bulhões; o Presidente e o Diretor Geral do TCE/AL, conselheiro Otávio Lessa e Daniel Bernardes.

 

Um dos assuntos abordados na reunião foi a preocupação com impacto econômico causado pela pandemia, que atingiu o turismo e toda a cadeia produtiva de cultura. E pra um retorno sustentado e seguro, medidas e protocolos de segurança estão sendo realizados pelas autoridades competentes. “A gente precisa pouco a pouco, com um protocolo de biossegurança, passar a percepção de que já estamos preparados para a alta temporada”, destaca o titular da Semtel, Jair Galvão.

 

O TCE/AL busca alertar sobre os gastos com relações a eventos, principalmente na época de pandemia, onde o investimento na saúde pública se tornou ainda mais necessário. “É importante que os gastos sejam feitos de maneira cautelosa, e que gere empregos e renda para os alagoanos. Que o turismo tenha um equilíbrio dentro do que o protocolo da pandemia está exigindo”, explica o conselheiro Otávio Lessa.

Confira: https://www.youtube.com/watch?v=vo3E-S10TXA



Mais Recentes

Ver mais